Nanobiografia de Vincenzo Viviani

vincenzo

[Dia 05/04] é o aniversário do físico Vincenzo Viviani (1622 — 1703) , nascido em Florença, Itália, em 1622. Em 1639 Galileu, que estava cego e sob prisão domiciliar, trouxe Viviani para ser seu aluno e colaborador. Depois da morte de Galileu, em 1642, Viviani dedicou grande parte de sua vida a preservar documentos e o legado do falecido cientista. Mas, Viviani também foi um grande matemático e físico por si só. Fez avanços na geometria e restaurou uma série de obras de antigos matemáticos gregos. Em 1656 Viviani e Giovanni Borelli conduziram experimentos para definir a velocidade do som. Depois de confirmar que o som se move a uma velocidade constante, os dois físicos mediram a diferença de tempo entre ver o flash e ouvir o estrondo de um canhão ao ser disparado. Verificaram um valor de 350 metros por segundo, uma medida muito mais precisa do que as estimativas anteriores. Viviani tem uma cratera na lua nomeada após ele, apesar do fato de que o som não possa viajar através da atmosfera inexistente da lua.

(tradução livre do texto abaixo)
Today is the birthday of physicist Vincenzo Viviani, born in Florence, Italy in 1622. In 1639 Galileo, who was blind and under house arrest by the Catholic Church, took Viviani in as a student and collaborator. After Galileo’s death in 1642, Viviani dedicated much of his life to preserving the late scientist’s documents and legacy. But Viviani was also an accomplished mathematician and physicist in his own right. He made advances in geometry and restored a number of works by ancient Greek mathematicians. In 1656 Viviani and Giovanni Borelli conducted experiments to pin down the speed of sound. After confirming that sound moves at a constant velocity, the two physicists measured the time difference between seeing the flash and hearing the boom of a fired cannon. They came up with a value of 350 meters per second, a much more accurate figure than previous estimates. Viviani has a crater on the moon named after him, despite the fact that sound cannot travel through the moon’s nonexistent atmosphere.


PToday

Physics Today é um dos principais periódicos sobre física do mundo. Esse texto foi extraído de sua página oficial no Facebook. Todos os posts são escritos por Charles Day, editor online da Physics Today, Paul Guinnessy, o gerente de conteúdo online, e Greg Stasiewicz,  assistente de produção do site.  

Página Oficial da Revista: www.physicstoday.org.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s